segunda-feira, maio 11, 2015

TEMPLOS ATACADOS NO JAPÃO...

Fonte: http://hyakumonogatari.com/2015/05/01/cruel-attack-at-a-inari-shrine-four-statues-broken-at-kego-shrine-in-tenjin-fukuoka/
*
No Japão, em Fukuoka, o templo xintoísta de Kego - dedicado a Inari, Deusa dos Lucros e dos Ganhos, uma das Divindades da religião nacional japonesa, politeísta, étnica, ou seja, pagã - foi no passado mês de Abril vandalizado. Quatro estátuas de pedra a representar raposas foram deslocadas das suas bases e decapitadas. Tinham sido oferecidas ao templo pelo pai de um septuagenário como recompensa por ter tido uma vida longa saudável e produtiva.
Não há suspeitos. De acordo com a polícia, templos e santuários em Nara e em Quioto foram profanados por alguém que ali derrama uma espécie de óleo. Desconhece-se se há ligação entre ambos os atentados.

Sabe-se é que em Junho de 2014 foi detido em Tóquio um estudante saudita apanhado a destruir estátuas num templo budista, como aqui se vê: https://www.youtube.com/watch?v=nku91rSCSdM
É simplesmente uma prática islâmica tradicional, a da destruição de ídolos doutras religiões, uma prática que de resto tem origem bíblica, vindo já de Abraão e tendo sido levada a cabo em larguíssima escala pelas forças da Cristandade, e do Islão, bem entendido, que deitaram abaixo templos e florestas sagradas dedicadas a Deuses diversos, em toda a parte do planeta onde tiveram poder para o fazer. É uma questão de levar a «verdade» a toda a humanidade. E como «Deus não tem raça» e «há só um para toda a gente», os seus lacaios não respeitam obviamente quaisquer fronteiras nacionais ou étnicas - tratam de impingir o seu credo a tudo e a todos, tendo o dever religioso de pelo caminho destruir todas as outras crenças, porque, de acordo com os credos abraâmicos - Judaísmo, Cristianismo, Islão - todas as outras religiões são falsas e conduzem ao inferno ou ao vazio...

14 Comments:

Anonymous Anónimo said...

"É uma questão de levar a «verdade» a toda a humanidade. E como «Deus não tem raça» e «há só um para toda a gente», os seus lacaios não respeitam obviamente quaisquer fronteiras nacionais ou étnicas - tratam de impingir o seu credo a tudo e a todos, tendo o dever religioso de pelo caminho destruir todas as outras crenças, porque"


Isso também é a definição da Esquerda.

11 de maio de 2015 às 22:26:00 WEST  
Anonymous Anónimo said...

"todas as outras religiões são falsas e conduzem ao inferno ou ao vazio..."

Ao vazio? Qual das três prega isto que eu não sabia?

12 de maio de 2015 às 05:09:00 WEST  
Anonymous Anónimo said...

Situação político-militar exige reforço da Frota do Báltico da Rússia

Leia mais: http://br.sputniknews.com/defesa/20150424/852127.html#ixzz3Zuwq7aJi

12 de maio de 2015 às 11:07:00 WEST  
Anonymous Anónimo said...

O Cossaco que a Europa e as Nações Europeias precisavam.

http://br.sputniknews.com/fotos/20150508/964836.html

12 de maio de 2015 às 11:20:00 WEST  
Anonymous Anónimo said...

A Rússia aos poucos vai abrindo brechas entre os " aliados ".


Rússia convoca Grécia para ser sexto integrante de banco dos BRICS

Leia mais: http://br.sputniknews.com/mundo/20150511/988859.html#ixzz3Zv0Bgjjp

12 de maio de 2015 às 11:22:00 WEST  
Blogger R. Vilhena said...

Eu tenho uma solução para acabar com tudo isto.

Vamos investir em pesquisa científica pesada e assim descobrir uma forma de viajar no tempo.

Feito isto enviamos para o passado um robô cyborg meio homem meio máquina com a missão de enfiar uma vara bem grande em um tal de Abraão. Uma que entre pelo reto e saia pela boca.

Pronto. Todos os.problemas do mundo estão resolvidos. Não mais existem semitismos.

Talvez seja necessário também enviar um segundo robô exterminador para afundar a jangada de um tal de Noé.

12 de maio de 2015 às 15:44:00 WEST  
Blogger Caturo said...

«Ao vazio? Qual das três prega isto que eu não sabia?»

É só ao inferno mesmo... Ao vazio é uma maneira de falar assim mais acessível a quem pense de maneira mais moderna. Já ouvi essa do «vazio» da boca de um padre. Por outro lado, há quem defina o inferno como «a ausência de Deus».

12 de maio de 2015 às 17:27:00 WEST  
Blogger Caturo said...

"É uma questão de levar a «verdade» a toda a humanidade. E como «Deus não tem raça» e «há só um para toda a gente», os seus lacaios não respeitam obviamente quaisquer fronteiras nacionais ou étnicas - tratam de impingir o seu credo a tudo e a todos, tendo o dever religioso de pelo caminho destruir todas as outras crenças, porque"


«Isso também é a definição da Esquerda»

Ora nem mais. No seu fundamento a Esquerda tem muito de cristão.

12 de maio de 2015 às 17:30:00 WEST  
Anonymous Anónimo said...

Aliás Caturo, por falar em Budismo, a uns dias atrás escrevi um comentário sobre isto, mas não o encontrei de novo. Desculpe em ter que repetí-lo, mas penso ser importante.

A pergunta era a seguinte: o que achas de misturar Budismo com Paganismos Europeus? Assim como esses povos do Oriente misturam Budismo com Paganismos Orientais. Pelo menos por enquanto, até as pessoas se acostumarem mais com a volta das religiões Pagãs.

Pois o Budismo, sendo hoje uma religião com mais popularidade que as religiões Pagãs Europeias, pode ajudar a atrair mais gente ao Paganismo, não achas?

E isso também pode fazer com que as pessoas levem religiões Pagãs mais "a sério", pois elas estarão relacionadas a uma religião milenar conhecida mundialmente e com milhões de seguidores.

E além do mais, o Budismo, sendo uma religião milenar com filosofias mais "bem elaboradas", estará em melhores condições de enfrentar e rebater argumentos cristãos vindos de sacerdotes do judeu. Pelo menos por enquanto, repito.

12 de maio de 2015 às 21:49:00 WEST  
Anonymous Anónimo said...

Caturo, chegaste a ver uma pergunta enorme que escrevi aqui acerca do Budismo?

14 de maio de 2015 às 04:03:00 WEST  
Anonymous Anónimo said...

Caturo. Os comentários que fiz acerca do Budismo aqui, estás para responder ou nem chegaste a receber tais comentários?

17 de maio de 2015 às 00:40:00 WEST  
Blogger Caturo said...

Li e responderei, desculpa a demora.

17 de maio de 2015 às 19:49:00 WEST  
Anonymous Anónimo said...

OK, sem problemas.

17 de maio de 2015 às 21:49:00 WEST  
Blogger Caturo said...

A ideia parece teoricamente boa, mas em princípio quanto menos mistura melhor. As influências que referes não parecem más, mas nunca fiando, o colosso em causa é demasiado vasto e pode fugir ao controlo.

O resto disse-o aqui: http://gladio.blogspot.pt/2015/05/curdos-abandonam-o-islao-em-prol-do.html

Saudações.


21 de maio de 2015 às 20:57:00 WEST  

Enviar um comentário

<< Home