segunda-feira, outubro 17, 2016

MAIORIA DAS MULHERES EM PAÍS AFRICANO JÁ FORAM VIOLADAS

A ONU fez um apelo ao fim da "impunidade maciça" de crimes sexuais na Libéria, onde 75% das mulheres são estupradas.
Um relatório da Missão das Nações Unidas na Libéria e do Escritório do Alto Comissariado para os Direitos Humanos relata que o estupro se tornou o segundo crime mais grave no país.
Embora mais de 800 estupros fossem relatados em 2015, apenas 34 agressores sexuais acabaram na prisão. A pesquisa também descobriu que entre as vítimas há meninas menores de 18 anos, algumas delas são até menos de 5 anos de idade. Os agressores não são julgados porque o abuso muitas vezes não é relatado, dada a discriminação contra as vítimas, confirmam funcionários das instituições judiciais, segundo o jornal britânico The Independent. Os investigadores disseram que as altas taxas de violência sexual na Libéria são parte do legado de duas guerras civis na África Ocidental entre 1989 e 2003.  Entre 61% e 77% de todas as mulheres no país foram estupradas durante o conflito, de acordo com uma pesquisa anterior da Organização Mundial da Saúde.
*
Agradecimentos a quem aqui trouxe esta notícia: https://br.sputniknews.com/sociedade/201610166564179-estupro-mulheres-impunidade

* * *

Quem diria que a Libéria, cujo nome vem de «Liberdade», um país criado artificialmente para albergar os escravos negros então recém-libertados da escravatura nos EUA, quem diria que uma maravilha destas havia de descambar nisto, olha que há «surpresas» do camandro...

A imigração em massa vinda de tais paragens pode fazer coisas bonitas na Europa, pode sim... e já há quem ande a dizer que a grande imigração do futuro virá precisamente (mais ainda...) da África negra...



3 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Acho meio forçado chamalos de seres humanos

18 de outubro de 2016 às 03:32:00 WEST  
Blogger SHTF way of life said...

Não é problema meu, não tenho nada a ver com isto.

O Ocidente deve esquecer está idéia de querer melhorar o mundo.

18 de outubro de 2016 às 22:07:00 WEST  
Blogger SHTF way of life said...

Isto é assim mesmo estre eles, não devemos interferir ou tentar corrigir. Para eles é normal. É tolice a idéia de tentar modificar o mundo negro.

http://mikesmithspoliticalcommentary.blogspot.com.br/2016/08/what-libtards-dont-understand-blacks.html?m=1

18 de outubro de 2016 às 22:13:00 WEST  

Enviar um comentário

<< Home