terça-feira, novembro 10, 2015

CRIANÇA DE TRÊS ANOS VIOLADA POR «REFUGIADO» - CENTRO DE REFUGIADOS TENTA PROTEGER O VIOLADOR

Fonte: https://shariaunveiled.wordpress.com/2015/10/25/muslim-immigrant-brutally-rapes-a-3-year-old-swedish-baby-girl-sweden-migration-board-attempted-to-conceal-the-incident/
*
Na Suécia, um refugiado asilado no município de Tingsryd violou no final do mês passado uma criança de três anos de idade. O centro de asilo decidiu colocar o fulano noutras instalações para o proteger...
Decidiu também não denunciar o caso às autoridades para poder esconder mais facilmente o incidente. Todavia, amigos da mãe da vítima deram parte à polícia, oito horas depois, do que tinha acontecido. Mas os empregados do centro de asilo estavam relutantes em reportar à polícia fosse que informação fosse a respeito do novo paradeiro do violador alógeno... As autoridades policiais tiveram de contactar o Departamento das Migrações para daí arrancar a verdade dos factos.

* * *

Este é mais um dos casos típicos em que ao calor humano impulsivo e sensual vindo do sul não europeu se junta o calor humano fraternal e anti-fronteiras do anti-racistame mais desenvergonhadamente pró-alógeno para assim deixar por punir um crime abjecto contra uma vítima europeia...
É portanto mais um escândalo particularmente obsceno que não vereis reportado nos grandessíssimos mé(r)dia.


2 Comments:

Blogger Survivalist-SHTF said...

Se a criança não é branca então não tem importância. Estes vermes que resolvam seus próprios problemas.

11 de novembro de 2015 às 14:56:00 WET  
Anonymous Anónimo said...

a doença mental desta gente supera o inimaginável.

Se fosse um branco a fazer isso a um refugiado até espumavam de raiva e estariam todos indignados a falar e chorar na tv e exigiam medidas e sei la que mais.
Mas se é um refugiado a fazer isso a um europeu, nao ha problema, nao se passa nada, vamos la defender o refugiado e esconder o que aconteceu.

Enfim, nao ha palavras mesmo, é preciso estar-se muito doente da cabeça e a europa está.

12 de novembro de 2015 às 03:09:00 WET  

Enviar um comentário

<< Home