quarta-feira, maio 13, 2015

HUMBERTO DELGADO FOI FASCISTA (?)

O que aqui diz é que Humberto Delgado foi fascista (agradecimentos a quem aqui trouxe esta ligação): http://historiamaximus.blogspot.pt/2015/03/humberto-delgado-fascista.html

E depois? Das duas uma, ou se corrigiu, estando no seu pleno direito de mudar de ideias, ou então quando aparentava ser partidário da doutrina do «Fascio» estava a aldrabar a cambada toda à volta. Na pior das hipóteses era um oportunista. De um modo ou doutro, se serviu a causa da Democracia, prestou um serviço à Liberdade e por conseguinte à Pátria, porque um Povo sem liberdade é um Povo rebaixado. 

É algo que demasiada gente não entende - em política o que realmente interessa são as ideias, não os militantes. Um militante é um instrumento do ideal. Se funciona bem a favor do ideal é bom militante, independentemente do motivo pelo qual o faz. Se deixar de ser útil ao ideal, tem simplesmente de ser substituído por quem o seja. E se além de deixar de lhe ser útil passar entretanto a ser-lhe nocivo, tem de haver quem o ponha de parte.

Há, já agora, uma terceira alternativa para explicar o procedimento de H. Delgado - foi simplesmente um patriota que percebeu o erro do Fascismo e optou pela Democracia. De um modo ou doutro, o seu exemplo é politicamente positivo.

8 Comments:

Blogger R. Vilhena said...

Leia isto.

Da diferença entre brancos e negros.

http://nationalvanguard.org/2015/05/morality-and-abstract-thinking/

13 de maio de 2015 às 22:24:00 WEST  
Anonymous Klaus said...

Olá Sr. Caturo, deixe-me fazer um comentário sobre o que penso sobre "Democracia":
É algo falho, explico, se queremos o melhor não deveriamos ter de escolher, o melhor é, independente de escolha.
Quando se tem que escolher assumimos que não se sabemos qual é a melhor opção, o que demonstra ingenuidade e/ou ignorancia.
Em um exemplo simples, se queremos chocolate, pra que votarmos entre chocolate e ovo? vamos ao chocolate direto.
E ainda, quem vota qual sua qualificação?
Na democracia podemos ter muitos desqualificados elegendo outro desqualificado.
Pra pintar a parede de sua casa se apresentam o pintor e o padeiro, vc coloca sua familia pra escolher quem vai fazer o serviço? qual a lógica disso?

Um abraço, belo espaço de informações, leio sempre no meu almoço, muito obrigado! (só não concordo com a democracia)

13 de maio de 2015 às 23:39:00 WEST  
Anonymous Anónimo said...

Aliança militar entre Moscou e Pequim preocupa o Ocidente

Leia mais: http://br.sputniknews.com/defesa/20150513/1009056.html#ixzz3a3txzp8N

13 de maio de 2015 às 23:52:00 WEST  
Anonymous Anónimo said...

Os principais veículos ocidentais mostram-se preocupados com a aliança militar entre Moscou e Pequim contra um suposto "inimigo comum" que são os Estados Unidos e seu poderio indiscutível no Mediterrâneo.


Leia mais: http://br.sputniknews.com/defesa/20150513/1009056.html#ixzz3a3u5zW00

13 de maio de 2015 às 23:52:00 WEST  
Blogger Caturo said...

Agradecimentos pela sua assiduidade neste blogue, Klaus.

Agora, para responder ao que disse, repare: se queremos o melhor não deveríamos ter de escolher? Então não?...
Temos sempre, a todo o momento, de fazer escolhas. E o que é «o melhor» nem sempre se revela com toda a nitidez, muito pelo contrário.
Mais - o «melhor» é definido pelos critérios ideológicos de cada um. Está portanto bem longe de poder ser dado como igual para todos.

Quanto ao seu exemplo, quem disse que queremos chocolate? Eu posso querer chocolate, mas o meu vizinho acha que marmelada é que é bom. Não tenho o direito de lhe impingir chocolate, como ele não tem o direito de me impingir marmelada, nem tampouco tem qualquer um de nós o direito de insultar o outro só por termos gostos diferentes. Se é preciso decidir qual dos produtos ficará mais barato, ou terá comparticipação do Estado ou assim, então não há outra maneira a não ser ir a votos.

Quem vota e qual a sua qualificação?
Pois é precisamente este o busílis e é mesmo aqui que os anti-democratas falham sempre em responder condignamente. Quem define o critério de quem tem ou não tem qualificação? Com que autoridade? Eu tenho a certeza que chocolate é melhor que marmelada, significa isso que tenho mais direitos a decidir do que o meu vizinho, que tem a certeza oposta? E quem é que decide sobre qual de nós os dois pode votar? Com que critério?

Nunca por nunca os anti-democratas apresentam para esta questão uma resposta que seja sequer minimamente satisfatória.

Agora, num momento em que para pintar a parede de minha casa se apresentam o pintor e o pedreiro, de facto é a minha família quem vai decidir qual dos dois é melhor para o cargo. Não basta que o pintor diga «eu sou pintor». É preciso averiguar, sabe... qualquer um pode dizer que é bom. E qualquer um pode pintar uma parede, melhor ou pior. Mas há auto-intitulados profissionais que são aldrabões e enganam os clientes. E para isso é preciso estar de olhos abertos - saber discernir, discriminar, escolher.

Nunca, em momento algum, se deve abdicar da sua própria faculdade de escolher, só porque x ou y dizem que eles é que sabem o que é melhor para nós, percebe, Klaus... Nem é só uma questão de cautela. É também uma questão de dignidade.

Saudações Nacionais.

14 de maio de 2015 às 01:56:00 WEST  
Anonymous Klaus said...

Obrigado Caturo pela resposta, vou refletir sobre, desculpe fugir do tema, e boa sorte pra Portugal!

15 de maio de 2015 às 13:09:00 WEST  
Blogger João José Horta Nobre said...

"HUMBERTO DELGADO FOI FASCISTA (?)"

Respondendo à sua pergunta, Humberto Delgado não apenas foi fascista, como também chegou mesmo a ser um admirador confesso do nacional-socialismo alemão.

Sobre Hitler o próprio Humberto Delgado afirmou em 1941:

“O ex-cabo, ex-pintor, o homem que não nasceu em leito de renda amolecedor, passará à História como uma revelação genial das possibilidades humanas no campo político, diplomático, social, civil e militar, quando à vontade de um ideal se junta a audácia, a valentia, a virilidade numa palavra.”

Julgo que isto basta para dissipar as dúvidas de uma vez por todas...

16 de maio de 2015 às 00:33:00 WEST  
Blogger Caturo said...

Obrigado. Fica registado para quando/se alguém quiser insinuar que Humberto Delgado era partidário de forças anti-patrióticas.

16 de maio de 2015 às 20:54:00 WEST  

Enviar um comentário

<< Home