sexta-feira, junho 02, 2017

É NEGRO O HOMICIDA DE UM TAXISTA DA AMADORA

O suspeito de ter assassinado um taxista na Amadora ficou, esta quinta-feira, em prisão preventiva, apurou aTVI. O homem, que é suspeito de quatro crimes de roubo, uma tentativa de homicídio e um homicídio qualificado, foi detido na quarta-feira após uma operação conjunta da Polícia Judiciária (PJ) e da Polícia de Segurança Pública (PSP).
O taxista foi encontrado morto, golpeado com várias facadas na zona do peito, cerca da 1:30, no dia 20 de Maio, um sábado.
Terá sido um colega da vítima que efectuou as manobras de reanimação, mas o homem, de 57 anos, acabou por não resistir e faleceu às 3:00.
Ao que a TVI apurou, foi estabelecido, na altura, através de testemunhas, que seria possível, de alguma forma, fazer um retrato robô do suspeito. E o trabalho de investigação começou aí. 
Conseguiu-se, assim, um retrato robô muito próximo do real, através de um sistema computadorizado.
Na sequência desse trabalho, alguém dentro da esquadra da PSP da Amadora reconheceu o suspeito, que já estava ligado a outros crimes graves. 
A TVI conseguiu ter acesso, em exclusivo, ao retrato robô e à fotografia do suspeito de cometer este crime. É um jovem de 21 anos, chamado Marco Alexandre Malícia, mais conhecido na zona onde morava, o Bairro da Estrada Militar, como "Marqueta". 
Após a conclusão do retrato robô do suspeito estar concluído, a imagem foi passada a todas as forças de segurança. Segundo informações recolhidas pela TVI, quando o retrato chegou à Esquadra de Investigação da Amadora, o suspeito foi, de imediato, identificado por um elemento da investigação criminal, que patrulha a zona diariamente.
O jovem já era conhecido das autoridades e tinha-lhe sido decretada uma pena suspensa, de dois anos e meio, noutro processo. É suspeito da prática de vários crimes de roubo violento, grande parte deles com recurso a arma branca. O agora detido estará ainda ligado a outro assalto, em Fevereiro último, a outro taxista também na Amadora, mas que apesar de ter sido esfaqueado sobreviveu ao roubo. 
*
Agradecimentos a quem aqui trouxe esta notícia: http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/01-06-2017/prisao-preventiva-para-suspeito-de-ter-assassinado-taxista-na-amadora   -   Página com vídeo incorporado, no qual se pode ver que o homicida é negro.

Olha que surpresa...

2 Comments:

Blogger Afonso de Portugal said...

Sim, estou deveras supreendido, nunca pensei que o assassino fosse negro, aliás "jovem", muito menos numa localidade tão vibrante como a Amadora, onde os crimes violentos são quase sempre cometidos por... bem, outros "jovens"! Mas atenção que nesta coisa da criminalidade a raça não interessa para nada, hãã!!

2 de junho de 2017 às 17:44:00 WEST  
Anonymous Anónimo said...

Expectável! A Amadora é um cancro. E porquê? Porque lá vivem uns mocinhos muito pobrezinhos, coitadinhos, que, para contrabalançarem a horrível miséria em que nasceram e cresceram, decidem por bem assaltar pessoas e (vamos lá, não faz mal a ninguém) necessariamente matá-los a tiro ou à facada. O capitalismo é lixado, pá!

3 de junho de 2017 às 12:35:00 WEST  

Enviar um comentário

<< Home