sexta-feira, março 24, 2017

O CALIFADO PERDE TERRENO MÉDIO ORIENTE - MAS GANHA EM ÁFRICA

Enquanto o mundo está a lutar contra o Daesh, a al-Qaeda está calmamente a ganhar posição melhor em África, de acordo com um relatório de inteligência.
A al-Qaeda, por meio do grupo terrorista do Magrebe (proscrito na Rússia), está-se a expandir silenciosamente no norte de África por meio da fusão com grupos terroristas locais, num momento em que a atenção global se concentra em derrotar o Daesh no Médio Oriente, segundo um relatório de inteligência da consultoria privada Soufan Group divulgado nesta sexta-feira.
"A consolidação dos grupos extremistas do Sahel numa franquia existente da Al-Qaeda deixa claro que este modelo continua altamente bem sucedido para a Al-Qaeda", afirmou o relatório.
O relatório citou uma declaração em vídeo de 2 de Março de líderes de vários grupos terroristas norte-africanos proeminentes que se comprometem com o líder central da Al-Qaeda, Ayman al-Zawahiri, e com a liderança do Magreb, Abu Musab Abdel Wadoud.
A fusão também destaca a capacidade da Al-Qaeda de navegar nas complexas dinâmicas tribais e étnicas dos grupos militantes locais, enquanto pacientemente constrói relações baseadas no apoio mútuo — um dos princípios duradouros da ideologia de Osama bin Laden, explicou o relatório.
Na região do Sahel, que separa o deserto do Saara do resto da África, os grupos militantes islâmicos tendem a formar-se em torno de identidades tribais ou étnicas compartilhadas, observou o relatório.
*
Fonte: https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/201703247975075-alqaeda-africa-daesh-oriente-medio/

* * *

Mais uma vez, um credo universalista aproveitar-se da natural coesão étnica dos Povos...
De resto, está cada vez mais à vista o perigo que é a imigração oriunda de África.