sexta-feira, fevereiro 19, 2016

TURQUIA PODE VIR A TER ARMAS NUCLEARES

Agradecimentos a quem aqui trouxe esta notícia: http://br.sputniknews.com/mundo/20160217/3609991/inteligencia-alema-suspeita-turquia-desenvolver-armas-nucleares.html#ixzz40W5Oomb4
*
O Serviço de Inteligência Exterior da Alemanha tem ficado cada vez mais de olho na Turquia por suspeitas e indícios de que seu presidente Tayyip Erdogan tenha planos de armar o país com ogivas nucleares, escreve o jornal alemão Die Welt.
Muitos especialistas acreditam que Ancara poderá conseguir armas nucleares já por volta de 2023, transformando a Turquia num país bastante perigoso e imprevisível na arena internacional.
Entrevistado pela Sputnik, o chefe da Fundação Científica e Educacional Noravank, Gagik Harutyunyan, destacou que informações sobre o assunto não são novidade.
"A primeira menção de que a Turquia planeia criar armas nucleares surgiu ainda em 2012. Além disso, em 2014, dados vazados pela Inteligência alemã indicaram que Ancara já havia trabalhado activamente nesse sentido entre 1982 e 1988. Poderíamos dizer que a Turquia está simplesmente a trilhar o mesmo caminho do próprio Irão, ou de Israel, na criação de armas nucleares. Mas aqui existe uma nuance muito importante que diferencia a Turquia de outros países: a Turquia é um país genocida. No século 20 realizou três genocídios – um de arménios, o genocídio dos gregos, que hoje poucos lembram, e o genocídio de assírios no anos da Primeira Guerra Mundial. A criação de uma bomba nuclear poderá tornar-se numa tentativa de legalizar as suas ambições" – disse o especialista.
Na sua opinião, a posse de armas nucleares pela Turquia representará uma séria ameaça a todos os países.
"Diferentemente do Irão ou de Israel, a Turquia "nuclear" não terá problemas com o uso de armas de destruição em massa contra os seus inimigos étnicos. E, levando em conta a actual situação no Médio Oriente, essa é uma séria ameaça para toda a humanidade. É uma coisa extremamente perigosa, em primeiro lugar, para a própria Turquia. Além disso, não descarto que a Turquia já possua armas nucleares. Houve previsões sobre 2023. Mas eles poderiam muito bem ter antecipado os seus planos levando em conta a tensão da situação" – explicou Harutyunyan.

* * *

As fronteiras do Islão são assim, quando não estão sangrentas para lá caminham...
Duvido, para já, que a Turquia usasse armas nucleares contra os seus vizinhos curdos, por motivos óbvios, a menos que entretanto arranjassem maneira de criar bombas «limpas» com máximo poder destrutivo e sem deixar radioactividade no ar, como as oficialmente proibidas bombas de neutrões...
Não seria todavia impossível que a Turquia deixasse que terroristas muçulmanos adquirissem este engenho para o detonarem em espaço distante do solo turco, por exemplo na China (onde os muçulmanos uigures em revolta contra Pequim são apoiados por Ancara), nos EUA ou até no noroeste europeu.

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

no dia que estas naçoes muçulmanas começarem a ter bombas nucleares entao os europeus estao com os dias ainda mais contados.
Ja estamos a precisar ha muito de fugir para um outro planeta, para um outro sistema solar e deixar ao abandono os multiracialistas esquerdistas brancos para conviverem com esta gente. Ia ser bonito.

19 de fevereiro de 2016 às 04:34:00 WET  
Blogger Renato Santon said...

A Turquia é uma aberração artificial como país e merece o que irá acontecer.

Tem financiado juntamente com a Arábia Saudita o ISIS, os turcos entram em desespero agora que os kurdos estão a poucos quilômetros de unir todos os seus enclaves, precisamente Kobane a Afrin.
Com a continuidade territorial o povo kurdo poderá pedir autonomia e posteriormente independência.

Com 65% dos território kurdo fica na Turquia e uns 20% no Iraque (Síria e Irã tem pouco território kurdo, e os kurdos iranianos são em maioria refugiados do massacre feito por Saddam Hussein).

A criação de um estado kurdo irá estabilizar a região e dar a um povo milenar um território, porém não é sem uma guerra total que a Turquia irá aceitar este fato. Erdogan teve seus delírios de imperador Otomano, hoje se vê diante do fim total do país.

E gostaria de ver a Grécia recuperar suas regiões históricas na Anatólia, além do controle sobre Constantinopla, os turcos andaram demais ao oeste, hora de voltar para casa.

19 de fevereiro de 2016 às 11:28:00 WET  

Enviar um comentário

<< Home