quarta-feira, fevereiro 15, 2006

CAMISA COM CARICATURAS

O ministro italiano para a Reforma Institucional, Roberto Calderoli, da Liga do Norte, anunciou que mandou fazer t-shirts para usar e oferecer com os «cartoons» do profeta Maomé. A iniciativa não pretende ser uma provocação, mas sim um «convite ao diálogo verdadeiro».
Calderoli, que já na semana passada disse que o Papa Bento XVI devia apelar para uma cruzada, realça: «Há que acabar com isto e com a fábula de que faz falta procurar o diálogo com esta gente. Eles só querem humilhar-nos», insurgiu-se.
«Felizmente na Europa, há ainda dirigentes como o chanceler austríaco Wolfgang Schuessel que dizem que nós, europeus, não abandonaremos os nossos modelos de vida. Porque é preciso acabar com esta tendência de baixar as calças e com as distinções hipócritas entre o Islão terrorista e o Islão pacífico», exortou.
Pouco depois de dar a conhecer esta iniciativa, Calderoli reconheceu ter recebido uma chamada do primeiro-ministro, Sílvio Berlusconi, para que revisse a sua atitude.
Calderoli replicou que o seu anúncio e a sua decisão de usar as t-shirts era a título pessoal e não representava nem a opinião do primeiro-ministro nem a do Governo.
O ministro é conhecido em Itália pelos comentários e acções extremistas e populistas que vão desde a sua oferta de 25.000 euros como recompensa a quem der informação sobre os assassinos do empregado de uma gasolineira até à sua posição a favor da castração química dos violadores.
Calderoli, cujo partido defendeu durante anos a independência da Padania, no norte de Itália, antes de converter-se numa formação federalista, foi descrito a semana passada como «racista, machista e hooligan embriagado», depois de tentar desconsiderar a repórter israelita Rula Jebreal, numa programa de televisão chamando-a «senhora bronzeada»
.


O ministro disse ainda o óbvio: que a imigração vinda do mundo islâmico significará o aumento de fanáticos no seio da Europa, facto esse que, diga-se, já foi mencionada por pró-turcos como argumento para meter a Turquia UE: «para não irritar os muçulmanos que já vivem na Europa»...

Ou seja, quanto mais agachados, mais agachados.

Mas enfim, Roberto Calderoli mostrou que há políticos europeus dignos do sangue que lhes corre nas veias.

Ah!, estirpe de têmpera rija!
Gente brava de vértebra inteira
Quem fala assim não se mija
Nem treme como varejeira!...

Raça antiga de fera dureza
Diamantina é sua firmeza
Antes quebrar que torcer
Pior ajoelhar que morrer

E se todavia ajoelhar,
Ou porventura escapar,
Para noutro dia lutar
Não deixará de jurar
Fazer mais tarde jorrar
Rios de sangue até ao mar...

8 Comments:

Anonymous Rui said...

A Liga do Norte é um grande partido racialista e defende a independencia da zona norte da Itália.
Pena que ca em Portugal partidos desses sejam proibidos e assim o norte de Portugal não possa lutar como lá.
Abaixo os imperialistas lisboetas
Viva a Europa das nações
Viva a Galécia

15 de fevereiro de 2006 às 18:44:00 WET  
Blogger miazuria said...

Viva a Lega!

Saudações

15 de fevereiro de 2006 às 23:30:00 WET  
Blogger JV said...

Caturo, não o sabia poeta...

16 de fevereiro de 2006 às 12:10:00 WET  
Blogger Caturo said...

Às vezes, dá-me na telha e zás...

16 de fevereiro de 2006 às 17:52:00 WET  
Blogger miazuria said...

Bom poeta!

16 de fevereiro de 2006 às 23:10:00 WET  
Anonymous nya said...

gostei do poema =)

17 de fevereiro de 2006 às 15:55:00 WET  
Anonymous Anónimo said...

Abandonamos uma vez constantinopla, não sejam burros fazendo uma segunda vez.
Turquia na europa é fundamental.

19 de fevereiro de 2006 às 12:13:00 WET  
Anonymous Anónimo said...

"Abaixo o imperialistas lisboetas"


hahahhahahahahahah

19 de fevereiro de 2006 às 12:14:00 WET  

Enviar um comentário

<< Home