sexta-feira, outubro 13, 2017

CATORZE ANOS DE GLADIUS


Está o Gladius a fazer catorze anos de existência no preciso momento em que este tópico vai para o ar, onze horas e cinquenta e sete minutos do dia treze de Outubro de 2017, visto ter o seu primeiro tópico sido publicado às onze horas e cinquenta e sete minutos do dia treze de Outubro de 2003, este, centrado no tema das praxes académicas.
Parabéns ao blogue, a mim idem, evidentemente, e, também, aos leitores que por aqui andaram e andam. Recordo vários nomes de quem aqui intervinha, e cujo paradeiro desconheço, não sei sequer se ainda estão vivos, e saúdo os que ainda por aqui passem: Vera(s), Treasureseeker, Sol Azul, Sílvia Santos, Lívia Drusilla, Inês, Silvério, Phoenix Lusitanus, Afonso de Portugal, Oestremínis, o dos --, Portugal Sempre, Duarte, pvnam, Arauto, Harms, José João Horta Nobre, entre outros.
Continuem pois por aí que eu vou ver se atiro mais uns alvitres e umas bocas para a blogoesfera.

5 Comments:

Blogger Afonso de Portugal said...

Caturo,

Dou-te mais uma vez os parabéns pelo teu blogue –que considero o melhor de toda a blogosfera nacionalista, não obstante o facto de nem sempre concordar com tudo o que escreves– e também deixo aqui um agradecimento sincero pelo teu esforço continuado ao longo de tantos anos.

Devo dizer no entanto que não entendo porque é que insistes que eu o Phoenix Lusitanos somos a mesma pessoa. Se bem me recordo, a única coisa que tenho em comum com esse sujeito é sermos ambos do Norte de Portugal. E devo confessar-te que eu nem sequer simpatizava com essa pessoa, porque sempre tive a sensação de que o que ele queria realmente era papar as poucas mulheres que passavam aqui pelo blogue, em especial a Vera, atitude que eu sempre reprovei com veemência. Aliás, quando ele percebeu que não ia conseguir comer ninguém, desapareceu sem deixar rasto, nunca mais cá voltou, o que demonstra que ele não estava aqui para participar no combate nacionalista mas sim para o engate virtual, o que é simplesmente patético.

As únicas contas que registadas que eu usei na blogosfera foram Anti-ex-ariano e Afonso de Portugal. E, desde que registei a segunda, nunca mais comentei como anónimo ou com outra identidade. Por conseguinte, peço-te que não insistas que eu e o Phoenix somos o mesmo. Já me chegam bem o Lá Lá Cardo, o ex-ariano e outras criaturas aleijadas afins a insistir que tu e eu somos o mesmo. Só me faltavas agora tu também com teorias da conspiração desse género!

13 de outubro de 2017 às 12:55:00 WEST  
Blogger João José Horta Nobre said...

Parabéns pela resistência electrónica que conseguiu manter ao longo deste catorze anos caro Caturo. É quase uma década e meia de blog e isso não é coisa para se menosprezar. Que o GLADIUS continue vivo e de boa saúde por pelo menos outra década e meia.

Saudações nacionalistas!

13 de outubro de 2017 às 16:39:00 WEST  
Blogger Caturo said...

Obrigado, caros camaradas, conto convosco aqui, sempre.

13 de outubro de 2017 às 18:49:00 WEST  
Blogger Caturo said...

Caro Afonso de Portugal, não leves a mal, eu próprio estava na dúvida, mas é que com a presença de vários nicks envolvendo Portugal/Lusitânia acabei por me baralhar.

13 de outubro de 2017 às 18:50:00 WEST  
Anonymous Anónimo said...

Precisas de ler esta revista para ficares anti-racista, ó Caturo:

http://revistacristina.com/wp-content/uploads/2017/10/Capa_Cristina7-263x372.jpeg


acclaim

P.S.: não estou a ver o meu nome a ser glorificado nesta thread! Falha imperdoável!

15 de outubro de 2017 às 08:24:00 WEST  

Enviar um comentário

<< Home