terça-feira, agosto 23, 2016

GOVERNO ALEMÃO ACONSELHA POPULAÇÃO A ARMAZENAR VÍVERES PARA DEZ DIAS

O Governo alemão está a aconselhar os cidadãos do país, pela primeira vez desde a Guerra Fria, a armazenarem comida e água e estarem preparados para uma eventual situação de emergência a nível nacional, um passo que alguns deputados da oposição já criticaram por espalhar o medo entre a população.
Sob o novo conceito de defesa civil, que deverá ser aprovado esta quarta-feira pelos ministros da chancelaria de Angela Merkel, os cidadãos alemães são aconselhados a armazenarem comida suficiente para dez dias e água para cinco – dois litros diário por pessoa – porque um potencial desastre poderá impedir o acesso imediato aos serviços de emergência nacionais.
O novo conceito de protecção civil surge delineado num documento do Ministério do Interior com 69 páginas, divulgado esta segunda-feira pelo jornal alemão "Frankfurter Allgemeine", que deverá ser aprovado pelo gabinete da chanceler. No documento, lê-se que "um ataque ao território alemão é improvável" mas que a possibilidade de uma grande ameaça à segurança nacional não pode ser excluída.
A um grupo de crianças de uma escola alemã, o ministro do Interior Thomas de Maiziere explicou esta segunda-feira que o país deve estar preparado para reagir caso as suas reservas de água e comida sejam envenenadas ou caso as rotas de abastecimento de gás e petróleo sejam interrompidas.
O passo está a ser criticado por vários membros da oposição, com o líder parlamentar do partido Die Linke, Dietmar Bartsch, a dizer que este tipo de propostas "pode destabilizar completamente as pessoas".
Apesar de admitir que o código de defesa civil, alterado pela última vez em 1995, precisa de ser atualizado, o vice-presidente da bancada d'Os Verdes sublinhou que o Governo deve manter a cabeça fria. "Não consigo antever qualquer cenário de ataque que justifique o armazenamento de bens pela população", referiu Konstantin von Notz.
A Alemanha tem em vigor desde a Guerra Fria um código de defesa civil sob o qual foram construídos cerca de dois mil bunkers e abrigos na Alemanha Ocidental com recurso a fundos federais — na ex-Alemanha de Leste os comunistas criaram a sua própria rede de bunkers. De acordo com a lei em vigor, nenhum desses abrigos, criados em garagens, escolas e outros locais, pode ser convertido noutro tipo de edificação.
Desde essa altura que o país mantém stocks de comida armazenados em locais secretos, que são regularmente actualizados e renovados. No caso de um desastre, a lei dita o racionamento destes bens através de um sistema de vales de comida e de combustível, gerido pelos serviços de emergência estatais.
*
Agradecimentos a quem aqui trouxe esta notícia: http://www.vamoslaportugal.com/noticias/o-governo-alemao-alerta-a-populacao-para-armazenar-comida-para-10-dias
http://expresso.sapo.pt/internacional/2016-08-23-Alemaes-aconselhados-a-armazenar-comida-e-agua-pela-primeira-vez-desde-a-Guerra-Fria   (Artigo originariamente redigido sob o acordo ortográfico de 1990 mas corrigido aqui à luz da ortografia portuguesa)

* * *

Das duas uma, ou há aqui alguma táctica mercantil sustentada nalguma negociata de armas em larga escala ou então prepara-se qualquer coisa de realmente grave na maior potência económica da Europa Ocidental. Governantes tipicamente burgueses, da «Direita» conservadora, cujo discurso é frequentemente optimista e tranquilizador, não diriam uma destas se não estivesse próxima uma ameaça realmente séria, como por exemplo um eventual ataque terrorista com armas químicas, que impeçam a população de sair de casa...

1 Comments:

Blogger João José Horta Nobre said...

A Superclasse Mundialista está já possivelmente a preparar-se para um Apocalispe em larga escala. Essa gente é capaz de tudo. Mandar a população ter comida em casa, é só para fazerem de conta que se preocupam, pois na realidade, eles querem é que a maioria da população seja exterminada e que fiquem só uns sobreviventes que serão os escravos. Já escrevi sobre isso há uns meses:

http://historiamaximus.blogspot.pt/2016/06/o-que-pode-acontecer-se-superclasse.html

A emergência da dita "extrema-direita" é o que mais os preocupa e para impedirem os nacionalistas de tomarem as rédeas do poder, essa gente é capaz até de fazer explodir o próprio planeta Terra.

27 de agosto de 2016 às 12:40:00 WEST  

Enviar um comentário

<< Home