quarta-feira, dezembro 09, 2015

COCA-COLA PEDE DESCULPA POR ANÚNCIO CONSIDERADO «RACISTA»

A Coca-Cola publicou um anúncio online para o seu público mexicano que não foi bem encarado por muitos. O anúncio passa-se em Totontepec no Estado de Oaxaca, México, e mostrava pessoas de pele clara, jovens e atraentes a entregar coca-colas numa pequena cidade local e a construir uma árvore de Natal.
A ideia da Coca-Cola era passar uma "mensagem de união e alegria," mas, em vez disso, foi interpretada como "reprodução e reforço de estereótipos de pessoas nativas como cultural e racialmente subordinadas," de acordo com os activistas.
A Coca-Cola já pediu desculpa e foi forçada a remover o anúncio. Os activistas ainda não estão satisfeitos e querem que a Coca-Cola seja responsabilizada pelo comissão anti-discriminação do governo.
Mas esta não é a primeira vez a população mexicana é alvo de estereótipos em campanhas publicitárias e que, consequentemente, provocam indignação na comunidade online.
Em 2013, a Aeromexico, uma companhia área nacional, viu-se obrigada a pedir desculpa depois de levar a cabo um casting para o seu anúncio televisivo em que um dos requisitos principais era ser branco. No inicio do ano, o Mcdonalds cometeu o erro de tentar promover os seus novos McBurritos alegando que os Tamales - um prato tradicional mexicano - eram uma coisa do passado ("Tamales son del pasado"). E nem o governo mexicano escapa. Em Outubro, uma campanha para publicitar as suas reformas foi retirada no prazo de 24 anos, depois do seu sarcasmo humorístico não ter sido bem aceite pelo público.
*

Fonte: http://visao.sapo.pt/actualidade/sociedade/2015-12-07-Coca-Cola-pede-desculpa-por-anuncio-considerado-discriminatorio

* * *

Numa sociedade de raiz ocidental como é a mexicana, dado que foi criada por Europeus, é de esperar que o padrão de beleza dominante esteja assente no molde europeu. Quem com isso mais directamente sofre são os que, mercê da sua divergência racial, ou por terem diferente origem étnica ou por serem resultado de miscigenação, não correspondam ao padrão de beleza naturalmente estabelecido. 
Depois, a histeria anti-racista dominante no mundo ocidental faz o resto - movimenta o rancor dos ex-colonizados contra os antigos colonos e cria o expectável mal-estar social, que facilmente pode conduzir a violência e desagregação de diversos tipos. Nem brancos nem negros nem mestiços têm culpa disso só por serem o que são, mas todos acabam por ficar mal, seja pelos complexos de inferioridade que se instalam seja pelas consequências eventualmente desagradáveis que daí decorram.
Enfim, nada como viver numa sociedade tranquila e lindamente branca europeia, sem chatices destas e doutras...


2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Estão ressentidos pelo óbvio,esses mexicanos ao invés de reclamar pela propaganda deveriam construir um país melhor e não ficar chorando no canto,deveriam tomar vergonha na cara e parar de perder tempo com propaganda,criticam a propaganda com brancos mas imigram em massa para um país branco(EUA) estranho não?

9 de dezembro de 2015 às 15:55:00 WET  
Blogger KVRGANIVS NOSTRATORVM said...

ENGRAÇADO QUANDO A COCA E OUTRAS INVADIRAM A ZONA HISPANICA COM NEGROS NOS ANUNCIOS NINGUEM DISSE NADA

9 de dezembro de 2015 às 17:14:00 WET  

Enviar um comentário

<< Home