terça-feira, março 30, 2010

PLANO TERRORISTA CONTRA ESCOLA NO AZERBAIJÃO DETECTADO PELAS AUTORIDADES

A propósito de fronteiras sangrentas muçulmanas, referidas no tópico anterior: no Azerbaijão, as autoridades detiveram ontem oito indivíduos, sete azeris e um checheno, passando a fronteira a partir da Geórgia, sob suspeita de planearem «actos terroristas» contra uma escola e um jardim-escola na capital deste Estado do Cáucaso, produtor de petróleo.
As autoridades mostram preocupação com o crescimento do extremismo islamista neste país maioritariamente muçulmano, que foi parte da União Soviética.
Alguns analistas avisam para o potencial rastilho de pólvora nos Estados vizinhos da Rússia a sul, de credo muçulmano. O recente atentado levado a cabo por duas mulheres suicidas no metro de Moscovo foi disto um exemplo.

O Azerbaijão afirma que já travou vários outros atentados islamistas, incluindo ataques contra embaixadas ocidentais.
Preparava-se pois um novo Beslan, massacre de centenas de crianças brancas em nome do culto ao Deus árabe...

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

ei sionista, vê se fala menos de muslos( que nem na europa estão) e comece a falar mais de europeus e seus problemas

31 de março de 2010 às 01:44:00 WEST  
Blogger Caturo said...

Ó muslo favelado, só por ignorância se pode dizer que os muslos não estão na Europa. De resto, dispenso opiniões faveladas sobre aquilo de que devo ou não falar.

22 de abril de 2010 às 16:45:00 WEST  

Publicar um comentário

<< Home