quarta-feira, maio 24, 2006

CENSURA NA INTERNET POR MEIO DE BOICOTE

O motor de busca Google, actualmente tão na moda e considerado o maior de todos, é dirigido por quem decidiu recentemente retirar da secção de notícias umas quantas páginas acusadas de «discurso de ódio islamofóbico», ou seja, de incitamento ao ódio contra o Islão.

Aqui estão alguns exemplos daquilo que a direcção do Google considerou pecaminoso:
Em que medida é que o Islão enriqueceu a sua vida?
O Islão é aquilo que faz.
Islão: uma Falsa Religião.

Os leitores que avaliem por si próprios o conteúdo dos artigos.

Já agora - se porventura os textos se concentrassem em dizer mal, por exemplo, do Nacionalismo, será que alguém os quereria proibir?

Duvido.

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Mas que grande aldrabice. Claro que o Google encontra esses artigos sem problemas. Confirmem aqui: http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=ISO-8859-1&q=%22Islam%3A+A+False+Religion%22&meta=
Ou aqui:
http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=ISO-8859-1&q=%22Islam+Is+as+Islam+Does%22&meta=

26 de maio de 2006 às 12:54:00 WEST  
Blogger Caturo said...

Eu penso que não é uma questão de encontrar os artigos se se procurar pelo nome dos mesmos, mas sim de os links que os contém estarem ou não nas secções de notícias do Google.

27 de maio de 2006 às 02:02:00 WEST  

Publicar um comentário

<< Home