quarta-feira, julho 18, 2018

MAIS PROTESTOS DE PADRES EM ITÁLIA CONTRA A POLÍTICA DE IMIGRAÇÃO DA LIGA NORTE - UM DOS BISPOS DISPÔS-SE A TRANSFORMAR TODAS AS IGREJAS EM MESQUITAS PARA ACOLHER IMIGRANTES

(...)
Luigi Ciotti, um dos padres mais populares de Itália, organizou um protesto este fim de semana, convidando os presentes a utilizar uma camisola vermelha. Esta serviria para relembrar o menino sírio que, em 2015, morreu na costa turca.
“Precisamos de parar agora, parar para reflectir e olhar para nós próprios. Precisamos de questionar os nossos corações e consciência: no que é que nos estamos a tornar?”, perguntou.
Também no início desta semana, Alex Zanotelli, membro dos missionários Combonianos em Verona, apelou para que os jornalistas noticiassem as tragédias em África, alertando os italianos para a situação dos migrantes.
“Se os Italianos não souberem o que se passa em África, não podem perceber porque é que tantas pessoas estão a abandonar as suas terras e a arriscar as suas vidas”, disse.
Matteo Salvini tornou-se ministro do Interior de Itália a 1 de Junho deste ano. Desde então, o seu partido de Extrema-Direita tem defendido o encerramento dos portos e fronteiras italianas a imigrantes, maioritariamente vindos do norte de África.
*
Fonte: https://www.jihadwatch.org/2018/07/italian-bishop-says-hes-ready-to-turn-all-the-churches-into-mosques-to-aid-the-cause-of-mass-muslim-migration
*

Outros padres marcaram dez dias de jejum como protesto contra a política de Salvini. Num dos seus actos de protesto, na Praça de S. Pedro, não apareceu quase ninguém, mas os vigários do Judeu Morto não desarmam.
Monsenhor Raffaele Nogaro, bispo de Caserta, declarou por seu turno estar pronto a «transformar todas as igrejas em mesquitas se isso for útil para a causa e se permitir salvar as vidas de homens e mulheres.»
*
Fonte: https://www.jihadwatch.org/2018/07/italian-bishop-says-hes-ready-to-turn-all-the-churches-into-mosques-to-aid-the-cause-of-mass-muslim-migration

* * *

Porque cargas de água é que seria preciso transformar uma igreja numa mesquita é que não está explicado, mas será que os pobrezinhos tolerantíssimos refugiados muçulmanos prefeririam morrer a alcançarem abrigo numa igreja?, ou será que essa boca de Nogaro é simplesmente um reflexo da tendência actual da parte de um certo sector cristão para aproximar o Cristianismo do Islão?, já que, ao fim ao cabo, são irmãos em Abraão e os muçulmanos até aceitam Jesus como profeta, enfim, de um modo ou de outro estes são mais uns quantos testemunhos da incompatibilidade visceral entre o Cristianismo e o Nacionalismo, pelo que a charla de muitos patriotas europeus segundo os quais o Cristianismo constitui um dos pilares essenciais da Europa é dos maiores tiros no pé ideológicos que imaginar se possa. Afortunadamente, o que entretanto se observa é que enquanto as igrejas em solo europeu se vão esvaziando, as urnas de voto vão-se enchendo de apoio ao Nacionalismo, um bom sinal da vitalidade e do retorno do verdadeiro espírito europeu, pré-cristão, já denunciado por Berdyaev e saudado pelos nacionalistas integrais europeus.

Etiquetas:

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Toma e publica, sem medos:

https://i.imgur.com/5C0zWos.jpg

19 de julho de 2018 às 16:55:00 WEST  

Publicar um comentário

<< Home