sexta-feira, dezembro 02, 2016

AVIÃO QUE CAIU NA COLÔMBIA TINHA POUCO COMBUSTÍVEL...

Circulam nas redes sociais áudios em que um antigo funcionário da companhia Lamia - empresa que transportava o Chapecoense - denuncia que a companhia em causa viajava no limite mínimo de combustível para poupar e, assim, lucrar mais com o negócio. O que, a ser verdade, são graves denúncias de negligência e descuido com questões de segurança inerentes à aviação.
Segundo a imprensa brasileira, nomeadamente o jornal O Tempo, não é conhecido o nome do suposto mecânico, assim como também não se sabe qual a proveniência de tais relatos. No entanto, o seu depoimento é claro: a empresa "viajava com o combustível no limite para fazer mais dinheiro". 
O alegado mecânico refere também que há precisamente uma semana chamou um dos seus advogados e mandou uma carta a tentar impedir a operação daquela aeronave, mas o aviso não terá "chegado a tempo", e por isso, "conseguiram permissão para o voo".
De acordo com a mesma publicação, o piloto, quando se aproximava do aeroporto, teria, num primeiro momento, omitido a falta de combustível para evitar pesadas multas à sua empresa pela prática. O suposto mecânico afirma, ainda, que aquela aeronave jamais poderia realizar a viagem contratada pelo Chapecoense.
“O Chapecoense alugou uma aeronave que não tinha autonomia para fazer essa viagem" quer pela distância, quer pelas más condições meteorológicas e vento forte.
Recorde-se que, do acidente da passada terça-feira, morreram 71 pessoas, entre os quais jogadores do Chapecoense, jornalistas e tripulação. Apenas seis passageiros sobreviveram: três jogadores, um jornalista e dois tripulantes. 
*
Fonte: https://www.noticiasaominuto.com/mundo/697965/chape-aviao-ia-com-pouco-combustivel-para-lucrar-mais-diz-mecanico


* * *

Mais um crime capitalista, por assim dizer... constata-se que deixar demasiada responsabilidade e poder nas mãos de gente do grande capital não costuma dar bom resultado.

3 Comments:

Blogger CENSURADO AGAIN said...

A EMPRESA NÃO ERA DO GRANDE CAPITAL TINHA RECURSOS LIMITADOS

3 de dezembro de 2016 às 06:32:00 WET  
Blogger SHTF way of life said...

Não há nada de capitalismo, pare de falar besteira!Todas as grandes empresas do mundo da aviação são privadas e não fazem isto.

Por sinal, o capitalismo neste caso funcionou aqui no Brasil, porque este avião nem teve permissão para entrar no país, isto por ser reincidente. Os jogadores viajaram para fora para embarcar nele.

3 de dezembro de 2016 às 12:16:00 WET  
Anonymous Anónimo said...

Principalmente em países de 3 mundo. Eu dos empresários tugas já ouço cada falcatrua para ganhar mais, agora imagina nestes países com gente mais atrasada e sem consciência do perigo.
Russos também são outros completamente malucos que cagam alto para a segurança dos aviões. E conhecido por quem trabalha na área que os russos não tem cuidado e arriscam. Os pneus de aviões deles maior parte das vezes tão carecas e a ver arame e os pilotos simplesmente dizem ok.

3 de dezembro de 2016 às 16:04:00 WET  

Enviar um comentário

<< Home