terça-feira, outubro 11, 2016

NA SUÉCIA - MULHER EM CADEIRA DE RODAS É VIOLADA POR ALEGADOS REFUGIADOS

Segundo o que aqui https://www.jihadwatch.org/2016/10/sweden-muslim-migrants-gang-rape-wheelchair-bound-woman se pode ler, uma mulher em cadeira de rodas, na casa dos trinta anos, foi violada por um morador de um centro de refugiados em Visby, Suécia. Aceitou ir de taxi com um dos refugiados até ao asilo, foi convidada a entrar e, quando pediu para ir à casa de banho, foi violada pelo indivíduo que a tinha convidado e mais seis imigrantes...
Em reacção, cerca de cem suecos atacaram o centro de refugiados, apedrejando-o. 
Cinco homens foram já detidos pelas autoridades.

É mais um episódio da vivência globalizada no Ocidente, decorrente da iminvasão imposta ao povo pela elite: alógenos do terceiro mundo a partilharem o seu calor humano meridional em solo europeu. Mas o povo ao qual isto é impingido já se revolta, como acima se lê. 



3 Comments:

Anonymous Anónimo said...

http://pt.euronews.com/2016/10/11/grecia-inaugurado-centro-para-migrantes-menores-nao-acompanhados

12 de outubro de 2016 às 01:39:00 WEST  
Blogger SHTF way of life said...

É óbvio que ela procurou o que ocorreu, ela queria isto. Aliás para ela era de fato a única forma de conseguir obter sexo: inundando o país com o aliens negros e semitas.

Não há o que se discutir, já passou do tempo de reduzir a mulher a um ser socialmente obsoleto.

12 de outubro de 2016 às 10:16:00 WEST  
Anonymous Anónimo said...

Ha muitas assim mas ha muitas que nao sao assim...mas de facto ha um padrao:as que nao sao assim, as que nao querem 3 mundo a norte do mediterraneo normalmente estao "aware" porque teem namorado/marido nacionalista. Contam se pelos dedos as mulheres brancas nacionalistas e racialistas por vontade propria, la isso é verdade.

12 de outubro de 2016 às 18:21:00 WEST  

Enviar um comentário

<< Home