sexta-feira, julho 17, 2015

MAIS UMA TENTATIVA DE ATENTADO ISLAMISTA EM FRANÇA

Agradecimentos a quem aqui trouxe estas notícias:
 - http://pt.euronews.com/2015/07/16/franca-suspeitos-de-atentado-pretenderiam-decapitar-um-millitar/
 - http://pt.euronews.com/2015/07/15/autoridades-francesas-detem-quatro-homens-que-preparavam-ato-terrorista/
(artigos originariamente redigidos sob o acordo ortográfico de 1990 mas corrigido aqui à luz da ortografia portuguesa)
*
Quatro homens, com idades compreendidas entre os 16 e os 23 anos, foram detidos, em pontos diferentes do território francês, quando preparavam um acto terrorista contra instalações militares. Estariam a preparar-se para executar uma alta patente militar francesa e filmar o assassinato.
Segundo o ministro do Interior francês os homens estão sob custódia policial, desde segunda-feira, na sede da Direcção-Geral de Segurança Interna, nos arredores de Paris:
“O instigador principal foi detectado pelo seu activismo nos media sociais e pelas suas ligações aos jihadistas franceses que estão detidos. Ele estava sinalizado pelas autoridades pelo seu desejo de partir para a Síria”, explicou o ministro.
Uma situação que, segundo Bernard Cazeneuve não está ligada ao incêndio, de provável origem criminosa, que ocorreu terça-feira num complexo petroquímico perto de Marselha.
Cerca de mil oitocentos e cinquenta franceses, ou residentes no país, estão ligados aos jihadistas. Meia centena está na Síria ou no Iraque.
O governo francês fala de uma mobilização a 100% do dispositivo antiterrorista depois do anúncio da neutralização de um possível atentado.

(...)
Segundo a imprensa francesa, um dos suspeitos teria ligações a jihadistas na Síria.
Desde os ataques de Paris, que mais de 30 mil militares e polícias protegem cerca de cinco mil instalações consideradas sensíveis.
Um dispositivo que parece longe de sossegar os franceses entrevistados esta manhã em Paris:
“As medidas de segurança são sempre o mesmo. As pessoas que decidem fazer mal estão sempre um passo à frente das autoridades”.
“Eu não tenho medo e vivo nos subúrbios de Paris, vivo numa comunidade cosmpolita. As pessoas são muito simpáticas e não tenho medo nenhum”.
“Penso que é difícil fazer mais dado que todos os que levam a cabo este tipo de ataques estão prontos a morrer. Penso que é difícil lutar contra este fenómeno”.
Segundo algumas fontes, os suspeitos detidos teriam previsto decapitar um alto responsável do exército.
O atentado estaria agendado para o dia 7 de Janeiro, a data do aniversário dos ataques de Paris contra o semanário “Charlie Hebdo”.
O projeto de atentado foi revelado dias depois do roubo de várias granadas e detonadores de outra instalação do exército, igualmente sob alta vigilância.

* * *

Mais calor humano a convergir com a religião da paz para dar ao quotidiano europeu outra emoção e outro colorido - mais um produto da imigração em massa. Só mesmo gente muito pouco educada para amar o Sacrossanto Outro, o Sant'Alógeno, é que pode não gostar disto, ou não perceber que é preciso aguentar algumas chaticezitas para no fim ter o lado bom da coisa, que é a salganhada total e o desaparecimento daqueles semblantes europeus frios e fechados...



3 Comments:

Blogger R. Vilhena said...

Liberal americano, funcionário do partido democrata, militante político anti-racista, realizador de campanha para a proibição da bandeira confederação, militante para proibir as armas, homem liberal que militava contra "a falsa narrativa" de que negros são violentos. Assassinado com 40 facadas por negro dentro do metrô da capital dos EUA. Diante da vista de centenas de pessoas, por conta de um celular (telemóvel).


http://www.dailystormer.com/the-false-narrative-democratic-political-operative-slashed-to-death-by-black-assailant-on-washington-metro/

17 de julho de 2015 às 18:17:00 WEST  
Blogger Caturo said...

Se calhar foi pago por nazis!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!...

Ou então tratou-se de mais um caso de justiça poética. Coisas da vida. Podia ter sido pior.

17 de julho de 2015 às 20:44:00 WEST  
Blogger KVRGANIVS NOSTRATORVM said...

Blogger Caturo disse...
Se calhar foi pago por nazis!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!...

Ou então tratou-se de mais um caso de justiça poética. Coisas da vida. Podia ter sido pior.

17 de julho de 2015 às 20:44:00 WEST

OBVIO QUE PODIA UM INOCENTE A SERIO PODIA TER MORRIDO MAS QUEM É CUMPLICE DO GENOCIDIO CONTRA O PROPRIO POVO VALE O QUE?

18 de julho de 2015 às 01:15:00 WEST  

Enviar um comentário

<< Home