domingo, maio 03, 2015

MAIS TREZENTOS IAZIDIS ASSASSINADOS PELO ESTADO ISLÂMICO NO IRAQUE

Fonte: http://www.publico.pt/mundo/noticia/estado-islamico-mata-300-yazidi-no-iraque-1694366
*
O Estado Islâmico (EI) executou mais de 300 prisioneiros da minoria religiosa yazidi nas proximidades da cidade iraquiana de Mossul, denunciaram responsáveis do Partido do Progresso Yazidi, este sábado.
As mortes, que terão ocorrido na sexta-feira, foram confirmadas pelas autoridades iraquianas. Um dirigente do Partido Democrático do Curdistão, Hassan Khallo, disse à imprensa turca que os prisioneiros yazidi foram “executados pelos jihadistas no monte Sharade, na região de Mahalebiya, a Oeste de Mossul”.
Numa declaração do vice-presidente do Iraque, Osama al-Nujaifi, o massacre de Mossul foi descrito como “bárbaro e horrífico”. O mesmo dirigente curdo disse à agência independente Bas News que entre as vítimas havia mulheres, crianças e idosos. “Os rebeldes levaram-nos para o local e mataram-nos todos juntos. E, além dos yazidis, também mataram prisioneiros xiitas”, acrescentou.
Os prisioneiros poderão ter sido capturados por militantes do Estado Islâmico em Agosto do ano passado, quando os jihadistas capturaram a cidade de Sinjar, na província de Nineveh. A ofensiva levou à fuga da população yazidi, uma minoria religiosa pré-islâmica que é considerada infiel pelos fundamentalistas sunitas que pretendem criar um califado na Síria e Iraque, para as montanhas do Curdistão. Milhares de pessoas morreram e centenas de mulheres foram vendidas pelos jihadistas como escravas sexuais.
Além disso, milhares de pessoas foram raptadas e mantidas prisioneiras na zona de Mossul, que é a principal base do Estado Islâmico no Iraque. Em Janeiro, os militantes libertaram 200 yazidis, todos idosos, às forças curdas da cidade de Kirkuk. Estes reféns, com ferimentos e problemas de saúde graves, tinham sido transportados de um local não-identificado da província de Mossul.

* * *

De entre todos os não europeus do planeta, estes eram precisamente dos poucos que a Europa poderia e deveria ter recebido como refugiados, pelo menos temporariamente, dada a comum raiz indo-europeia que os une aos Europeus, com um destaque para a honra que merecem devido à lealdade para com a sua religião étnica, de origem indo-europeia.


1 Comments:

Blogger R. Vilhena said...

O consolo é que, ao menos lá no Iraque e Síria, terra de ninguém, estas coisas podem ser resolvidas da forma como de fato devem ser. Na violência mais brutal e selvagem.

Lá você pode caçar estes sunitas e literalmente exterminar o problema.

Já aqui no ocidente ocorre coisas piores, e não se pode nem mencionar o ocorrido, porque se o fizer há o Estado, a lei e porra da sociedade que vem e lhe fode pior do que o agressor anterior.

Prefiro a terra de ninguém, lá, estas coisas que ocorrem hoje no ocidente já estariam sendo resolvidas na bala há muito tempo.

Que esta guerra chegue logo ao ocidente, enquanto os brancos ainda são uma maioria. Quanto antes chegar melhor.

Para os iludidos que estão esperando pela terceira guerra mundial.

E! Tá esperando o quê? Você já está nela.

3 de maio de 2015 às 23:12:00 WEST  

Enviar um comentário

<< Home