terça-feira, abril 25, 2006

O DISCURSO MAIS RECENTE DO TERRORISTA-MOR

Muito sintomática, a argumentação de Osama bin Laden: a Europa está em guerra contra o Islão porque... deixou de pagar astronómicas quantias em dinheiro ao Hamas.

O Hamas, essa tolerante e pacífica organização que nem sequer admite a Israel o direito de existir. Continuar a alimentá-la seria pois continuar a pactuar com um grupo que pretende destruir um Estado de direito.

Bem faz o Jihad Watch em lembrar o que está escrito no livro «Enquanto a Europa Dormia», de Bruce Bawer: em Oslo, um imã (uma autoridade religiosa, não um coitadinho maltrapilho desgraçado da Palestina que é um pobre ignorante e atira pedras aos bandidos dos Judeus) disse ao seu rebanho de crentes que quando os infiéis não pagam a jizia (imposto devido pelos infiéis aos muçulmanos), é lícito roubar-lhes o que for preciso...

É também significativo que bin Laden afirme que a França deve ser punida pela proibição do véu islâmico nas escolas - quer isto dizer que, para os muçulmanos, os infiéis não têm sequer o direito de legislar como querem na sua própria terra, ficando obrigados a aceitar a supremacia da lei corânica sobre a sua própria lei nacional.

«Ah, mas isto é um terrorista a falar, os moderados não são assim...», dirão os moderadamente pró-islâmicos.

Pois... mas então o moderado governo turco, eleito por maioria absoluta, que lidera um país prestes a entrar na U.E. (porque a «elite europeia» reinante, de tara cosmopolita, assim o deseja), este também é... terrorista?
Efectivamente, o governo da Ásia Menor afirmou que o governo francês era culpado pela violência realizada por muçulmanos nas ruas de França precisamente porque proibiu o véu.

O líder da Alcaida diz também que a independência de Timor Leste foi uma derrota para os muçulmanos (porque, como se sabe, a Indonésia é um país islâmico). Curioso como agora não vejo nenhum amante-de-Timor (daqueles que foram para a rua chorar baba e ranho pela causa timorense) a condenar publicamente o saudita terrorista...

O mesmo combatente do Islão declara também que a Índia e os Hindus são culpados pelo que sucede em Caxemira e que a Rússia deverá ser castigada (tal como a França).

Portanto, das duas uma:
- ou bin Laden é uma aldrabice da CIA/MOSSAD, ou seja, não existe, e esta cassete foi fabricada em Telavive ou no Texas;
- ou então, parece cada vez mais evidente, mesmo aos tapados que não querem ver, que afinal a guerra islâmica não é só por causa da Palestina...

2 Comments:

Blogger Turno said...

Camarada, atão vossemecê não vê que isto é tudo uma cabala dos sionistas? os gajos é que controlam o mundo! O islão é uma religião pacífica, e a civilização muçulmana é brilhante! Não se esqueça que quase todos os prémios nobel que existem são muçulmanos, tudo o que é ciência vem-nos do mundo árabe. Os media sionistas é que distorcem tudo.

25 de abril de 2006 às 22:37:00 WEST  
Blogger alex said...

eheheheheh

26 de abril de 2006 às 03:00:00 WEST  

Enviar um comentário

<< Home