terça-feira, março 07, 2006

ATENTADO TERRORISTA NA ÍNDIA

Série de explosões na cidade sagrada de Varanasi - Ataques à bomba fizeram pelo menos 15 mortos e dezenas de feridos

Pelo menos 15 pessoas morreram hoje e 60 ficaram feridas em várias explosões em Varanasi, norte da Índia, cidade sagrada do hinduísmo. Os ataques não foram ainda reivindicados, mas suspeita-se de activistas islâmicos.
Fontes oficiais citadas pela cadeia de televisão NDTV indicaram que foram contadas 15 vítimas mortais em três explosões, quase simultâneas.
Uma primeira explosão ocorreu no templo hindu de Sankat Mochan e outras duas numa estação ferroviária, entre as 18h00 e as 18h45 locais (entre as 12h30 e as 13h15 em Lisboa), disse à agência Reuters o chefe da polícia local.
Ainda ninguém reivindicou a autoria dos atentados e as autoridades sublinham que ainda é muito cedo para atribuir culpa. No entanto, a maioria dos anteriores ataques a templos hindus na Índia têm sido reivindicados por militantes islâmicos, além de acontecer poucos dias depois dos confrontos entre muçulmanos e hindus na cidade de Lucknow, que provocaram retaliações por parte dos hindus contra os muçulmanos de Goa, durante o fim-de-semana.
A segurança foi reforçada em toda a área norte da Índia para evitar confrontos entre a maioria hindu e a minoria muçulmana.
A cidade de Varanasi (ou Benares), localizada nas margens do rio Ganges, é um local de peregrinação hindu que também atrai numerosos turistas estrangeiros.


A guerra intercivilizacional também passa por aqui (terá isto sido obra dos Judeus? Da Mossad? Do BuSharon em conluio com o Bicho Papão?)... desde há pelo menos mil e duzentos anos, quando os Árabes começaram a atacar a Índia para aí impor o Islão.

Desde há mais de um milénio e dois séculos, disse eu - e ainda não acabou.

Esta notícia ajuda a recordar que o que realmente se passa actualmente não é um «choque de civilizações», mas sim uma guerra da civilização islâmica contra todas as outras civilizações do mundo que ousem resistir ao avanço muçulmano.

E porquê da civilização islâmica contra todas as outras?

Porque o Islão, como doutrina semita universalista e igualitária, visa obrigar toda a humanidade a agachar-se, ou perante Alá, ou perante os próprios agachados de Alá.

Nada é pois mais urgente do que estabelecer uma férrea aliança entre o Ocidente e a Índia hindu, em nome da Liberdade que é própria dos povos Arianos contra o imperialismo espiritual semita tão enaltecido por grande parte do mundo islâmico e até por uns quantos ocidentais que em nome da tradição judaico-cristã parecem sentir uma simpatia incofessada pela peste verde.

2 Comments:

Blogger miazuria said...

Não costumo utilizar esta linguagem, mas o islão é uma religião de MERDA. Uma praga que teremos de parar!
Espero que os hindús,jainistas, budistas, confucionistas, taoístas, zoroastrianos, shintoístas, pagãos, todos considerados como kafr na terminologia tão "tolerante"(?!) do islamismo nos ajudem na tarefa!

Saudações

7 de março de 2006 às 19:19:00 WET  
Blogger Turno said...

Foram "resistentes", de certeza. E é engraçado que a rtp2, por exemplo, não noticiou os atentados.

8 de março de 2006 às 00:01:00 WET  

Enviar um comentário

<< Home