sexta-feira, janeiro 21, 2005

VIRÁ A HAVER, TAMBÉM AQUI, UM DUPLO CRITÉRIO?...


Leia-se aqui como os muçulmanos, com a sua natural tendência para a expansão tendencialmente hegemónica, já vão tomando conta das escolas públicas de uma das principais potências europeias. Atrevem-se até a proferir comentários anti-judaicos com o maior dos à vontades... alguns, abordam já a questão do holocausto, negando-o e louvando Hitler...


E, aparentemente, nenhum intelectual se escandaliza... nem pretendem limitar a liberdade de expressão dos jovens islâmicos com o intuito de impedir a livre disseminação desse ódio anti-judaico...

Claro que se os anti-judaicos e negadores do holocausto forem brancos europeus, a coisa muda de figura... aí, já a censura se torna necessária...

Quero ver se um dia destes começar a haver historiadores islâmicos a negar o holocausto, quero ver se nessa altura também os mandam para a prisão como fazem aos brancos ocidentais...

6 Comments:

Anonymous Anónimo said...

O que mais me espanta é a contínua cegueira de todos! Nunca se esteve tão impávido perante sequer coisas menos graves! Onde é que isto vai parar? O Holocausto fez-se por menos do que isto! Realmente, a minha visão sobranceira de Marialva (que acabou por ser revista e abandonada em vários pontos por acreditar na Liberdade e na Moral individuais e pelo aparecimento de Ilustres de origens humildes - o que não era nada de estranhar, pois as Elites sempre se fizeram, não só mas também, de indivíduos elevados) acaba de ser ultrapassada nas suas piores espectativas: o Povo é, realmente, estúpido, e só com alguém a puxar por eles é que abre os olhos se levanta.


Imperador

21 de janeiro de 2005 às 15:50:00 WET  
Anonymous Anónimo said...

Os Fascistas é que tinham razão! As maiorias só podiam ser governadas pelas minorias!... E estão a sê-lo, até nisto que é contra nós!... Daí que tivessem um profundo desprezo por elas, se calhar até os nossos inimigos têm (do tipo: "estes idiotas estão a embarcar nas nossas tangas e a fazer exactamente tudo o que nós queremos e nem sequer se apercebem disso, ainda dizem que é necessário!...).


Imperador

21 de janeiro de 2005 às 16:14:00 WET  
Anonymous Anónimo said...

Isto faz-me lembrar um artigo da Paula Moura Pinheiro, julgo eu, a contar que quando esteve em Marrocos, num intercâmbio, em casa duma Família, ela foi muito simpática nos primeiros dias. Depois, começaram a expressar o seu fanatismo e a acusar os Judeus, e até disseram que a História do Holocausto não era bem assim porque se tivessem morrido assim tantos eles não andavam em tão grande número em Israel... E então a cronista criticava quer a posição dos que achavam que eles tinham toda a razão (a Esquerdelha), quer a posição dos "adeptos da "nova" Oriana Falacci", que diziam: "do que é que estavas à espera?", coisa que nós cada vez mais acabamos por dizer também...


Imperador

21 de janeiro de 2005 às 16:20:00 WET  
Blogger Caturo said...

«De que é que estavas à espera?» é expressão que sintetiza bem a resposta que se deve dar aos politicamente correctos que eventualmente abram a merda dos olhos para o que está a acontecer.

21 de janeiro de 2005 às 16:28:00 WET  
Anonymous Anónimo said...

Só que, aí, a avaliar pela resposta dos escrevinhadores, eles voltavam a fechar os olhos!... Palavra de honra, só se fecham os olhos para dormir ou para morrer!...


Imperador

21 de janeiro de 2005 às 16:52:00 WET  
Anonymous Anónimo said...

This is very interesting site... http://www.1988-honda.info Lick my black pussy Desperate housewives tv guide Hockey cortese

7 de fevereiro de 2007 às 12:57:00 WET  

Publicar um comentário

<< Home