sábado, agosto 01, 2020

COMEÇA O MÊS CONSAGRADO A CERES, DEUSA DE FERTILIDADE...


Ceres, Deusa da Agricultura, em particular dos cereais - daí o nome destes - tem eventualmente no Seu nome a raiz indo-europeia *Ker-, que terá o sentido de «crescer». Em todo o Império Romano o pão estava-Lhe particularmente associado. Regularmente ligavam-Se no culto Ceres e Tellus, sendo esta última (um)a Deusa da Terra (e raiz da palavra «telúrico»), Cujo nome tem com o teónimo irlandês Tailtiu uma parecença evidente. Ora o mês consagrado a Ceres iniciava-se quando os Celtas (da Irlanda) celebravam a grande festividade da Lughnasad que, de acordo com o mito, tinha sido ordenada por Lugh para honra a Sua mãe, Tailtiu.
O facto de na religião romana o rito dedicado a esta Divindade ser levado a cabo «à maneira grega» - Graeco ritu - confirma a Sua identificação com a helénica Deméter, Cuja função agrária é similar à de Ceres, tendo ainda um papel preponderante nos mistérios de Elêusis, a maior iniciação mistérica da Grécia antiga, que conduziria a uma imortalidade bem-aventurada.

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

O que dizes disto, Caturo?

https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/alerta-cm--emigrante-portugues-na-africa-do-sul-espancado-ate-a-morte-apos-abrir-porta-de-casa-a-pedintes

4 de agosto de 2020 às 23:54:00 WEST  
Blogger Caturo said...

Não sei como está a situação na África do Sul, mas abrir a porta a um pedinte num dos países mais violentos do mundo tem assim um aspecto de fatal ingenuidade.
Seria, entretanto, urgente, que os países europeus acolhessem como verdadeiros refugiados os brancos sul-africanos que queiram regressar à Europa para escaparem ao paraíso pós-apartheid...

5 de agosto de 2020 às 01:51:00 WEST  

Publicar um comentário

<< Home