terça-feira, julho 31, 2012

A DIREITA ALEMÃ PRETENDE ENTRAR FINALMENTE NO PARLAMENTO EUROPEU

Na Alemanha foi fundado um novo partido de Direita. O seu fundador é Christian Worch, conhecido neo-nazi e contestatário do holocausto. Este partido, denominado “A Direita”, coloca a tónica na identidade nacional alemã e manifesta-se contra a entrada de imigrantes na Alemanha.
Worch afirma que “A Direita” respeita totalmente a Constituição do país.
O partido foi fundado ainda em Maio passado, mas só agora a imprensa passou a escrever sobre ele. Em 27 de Julho realizou-se o primeiro congresso do partido, que elegeu a sua direcção e definiu os objectivos gerais do partido. Em particular, “A Direita” pretende obter representação no Parlamento Europeu nas eleições de 2014.

Esta sim, é a Direita no seu sentido mais verdadeiro - a defesa da raiz e do que vem da origem. Pode também dizer-se que é direita em contraposição ao torto...
Enquanto os Europeus existirem como tal, este tipo de resistência acaba sempre por surgir, ou ressurgir. E a única solução que a elite encontra para acabar de vez com este tipo de fenómeno é... acabar com os Europeus, por meio da miscigenação e da iminvasão, a qual de momento está em fase avançada, não apenas por via externa, com a imigração maciça propriamente dita, mas agora já também pela via interna, que é a alta taxa de natalidade dos alienígenas do terceiro-mundo em solo europeu. Prossegue por isso a corrida contra o tempo da parte das forças nacionalistas europeias.

5 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Desculpe, mas a notícia não é boa. Já existe um partido nacionalista na Alemanha. É o NPD - Partido Nacional Democrático. Essas divisões em vários partidos só prejudicam o desempenho eleitoral dos nacionalista. É o momento de todos estarem unificados.

31 de julho de 2012 às 18:56:00 WEST  
Anonymous Anónimo said...

"A DIREITA ALEMÃ PRETENDE ENTRAR FINALMENTE NO PARLAMENTO EUROPEU"

Não entendi. Se o NPD que era considerado democrático não entrou, porque um partido mais "nazi" entraria logo facilmente.

31 de julho de 2012 às 23:59:00 WEST  
Blogger Caturo said...

Não parece mais nazi, parece é mais identitário.

1 de agosto de 2012 às 00:15:00 WEST  
Anonymous Anónimo said...

Desculpe, mas a notícia não é boa. Já existe um partido nacionalista na Alemanha. É o NPD - Partido Nacional Democrático. Essas divisões em vários partidos só prejudicam o desempenho eleitoral dos nacionalista. É o momento de todos estarem unificados.

foi isso que pensei..se ja existe o npd, pra que outras siglas?..

mas antes isso do que no lixil, onde o debate pseudo-eleitoral só tem candidato de extrema esquerda na falsa democracia alien..pco, psol, pstu, etc..só esses candidatos ja devem representar metade ou mais da metade do debate..só merdas..e pra piorar os outros são quase tão esquerdistas quanto estes nas demais áreas..os unicos pontos em que esses são mais esquerdistas são no foco economico original do marx pre-culturalismos..

1 de agosto de 2012 às 01:53:00 WEST  
Anonymous Anónimo said...

Não entendi. Se o NPD que era considerado democrático não entrou, porque um partido mais "nazi" entraria logo facilmente.

por que e kosher a la wilders?..

1 de agosto de 2012 às 01:54:00 WEST  

Publicar um comentário

<< Home