terça-feira, outubro 01, 2019

WONDER MAN, HOMEM-MARAVILHA, MAGNUM...


Em Outubro de 1964 a Marvel apresenta Wonder Man, que na b.d. mais conhecida em Portugal, a que vinha do Brasil nos anos oitenta, teve o nome de Magnum (talvez porque os brasucas tenham pensado que «Homem-Maravilha» soaria um bocado apaneleirado). Pareceu sempre um super-herói típico e por isso é o tipo de personagem que apetece ler quando se quer passar uma tarde tranquila a ler «super-heróis» mas não se quer nem este nem aquele em particular, porque assim ou porque assado. Apesar deste enquadramento óbvio, foi inicialmente manipulado por maus da fita para atacar bons da fita, os Vingadores, depois virou-se a favor destes e morreu por eles, depois voltou à vida através de uma carga de energia iónica, donde vêm os seus poderes todos, super-força, capacidade de voo, disparo de raios, enfim, o arquétipo do super-poderoso Marvel ou D.C., consistindo assim em mais uma espécie de super-homem mas sem as cuecas por fora. Quando o seu corpo morreu a sua mente foi mantida viva num computador, o que constitui uma das ideias da ficção científica que mais promete passar à realidade daqui a uns tempos...

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

http://www.guiadosquadrinhos.com/edicaoestrangeira/ShowImage.aspx?id=1517&path=1609_1517.jpg

2 de outubro de 2019 às 23:38:00 WEST  

Publicar um comentário

<< Home