segunda-feira, dezembro 23, 2013

NUM FAMOSO SUPERMERCADO INGLÊS - FUNCIONÁRIA MUÇULMANA RECUSA-SE A VENDER CHAMPANHE

Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_12_23/reino-unido-funcionaria-se-recusa-a-vender-champanhe-por-ser-muculmana-3969/
A rede de supermercados britânica Marks&Spencer caiu no ridículo após uma funcionária muçulmana ter se recusado a vender uma garrafa de champanhe por motivos religiosos.
Segundo declarou um dos clientes ao jornal Daily Telegraph, não conseguiu comprar numa loja M&S uma garrafa de champanhe. A funcionária, que usava um hijab, pediu desculpas, mas recusou -se a servi-lo.
 O Islão proíbe o consumo de álcool, e alguns muçulmanos recusam-se a sequer tocá-lo.
Os representantes da M&S pediram desculpas pelo comportamento da sua funcionária.

Mais um pequenito indiciozito do que poderá bem vir a ser a vida no Ocidente, à medida que a hoste de Mafoma ganhe terreno demográfico na Europa - limitação dos direitos e prazeres dos autóctones mercê dos ditames do Islão...

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/ministro-guineense-exigiu-embarque-de-74-sirios-para-portugal

24 de dezembro de 2013 às 13:36:00 WET  

Publicar um comentário

<< Home